0

A Importância da Proteína no Processo de Emagrecimento e Saúde

A base da alimentação deve ser composta por alimentos que tem uma alta relação proteína e energia (mais proteína que carboidrato e gordura), carnes, ovos e vegetais pobres em carboidratatos. As carnes processadas (como presunto, salame, linguiça), laticínios como iogurtes, queijos e oleaginosas, possuem boa quantidade de proteína, pouco carboidrato e tem mais de gordura, o consumo deve ser controlado.

Para diminuir gordura corporal, é necessário consumir menos energia do que gasta, nosso gasto energético diário é composto pelas seguintes variáveis: metabolismo basal (funcionamento dos órgãos vitais) representa, 60 a 70%, termogênese alimentar, 5 a 15% (energia gasta para digerir e absorver alimentos), atividade física espontânea, do dia a dia, não necessariamente do exercício programado, 20 a 30%. O que mais contribui no gasto energético diário é o metabolismo basal, exercício físico importa muito pouco, para diminuir o percentual de gordura, o foco é dieta.

Todo animal tem um alvo de proteína e energia que precisa para sobreviver e toda vez que que atingimos nosso alvo proteico, a tendência é ter menos fome e mais saciedade. Uma dieta mais concentrada em proteína, você diminui a quantidade de energia consumida (carboidrato e gordura), faltará energia necessária para sobreviver, mas o corpo consegue buscar a energia que precisa da gordura que está armazenada.

Em uma dieta convencional para perda de peso, somente diminuindo as calorias, pobre em proteínas, quando você emagrece, o metabolismo diminui muito e a fome aumenta para voltar ao peso original. (resposta do corpo para combater essa agessão que está acontecendo) Essa diminuição do metabolismo acontece por questões hormonais e por perda de massa muscular.

Na vigência de uma dieta hiperproteica, temos uma melhora da composição corporal, ganho de massa muscular e perda de gordura. Os estudos demonstram que após o emagrecimento, a fome não aumenta para compensar essa perda de peso e o metabolismo só diminui o que é esperado. Um percentual maior de gordura, mais energia você gasta para manter vivo uma quantidade maior de tecidos, com a redução de gordura corporal, o metabolismo diminui.

Deixar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados